Pesquisa sobre a Realidade Cultural do município de Pardinho – 2014

O Instituto Jatobás é uma organização não governamental, sem fins lucrativos, cuja missão é influir para a ampliação da consciência e oferecer conhecimento para a construção de um caminho coletivo solidário e sustentável, trabalhando principalmente a perspectiva social, ambiental e econômica da região.

Para contribuir com o desenvolvimento e difusão da cultura da sustentabilidade na região, em 2008 foi criado o Centro Max Feffer Cultura e Sustentabilidade, que se traduz num espaço de vivência comunitária e de desenvolvimento de programas e ações previstas no Sistema Ecopolo; sistema de estratégias de gestão político-administrativas para promover o desenvolvimento sustentável.

Além de se destacar com uma estrutura totalmente planejada e construída com modernas técnicas de construção e materiais sustentáveis, o Centro Max Feffer Cultura e Sustentabilidade abriga diversos espaços para o desenvolvimento da cidadania como Biblioteca, Sala da Comunidade, Centro de Inclusão Digital, Sala de Reuniões, Salão Comunitário e Teatro. O Centro conta com uma vasta programação cultural voltada ao entretenimento, aprendizado, inovação e bem estar da população local. Por sua arquitetura inusitada e como primeiro espaço cultural sustentável, tornou-se um dos nossos atrativos turísticos mais apreciados.

Por meio da cultura, sempre com a sustentabilidade em foco, o Centro Max Feffer Cultura e Sustentabilidade busca ainda permitir a geração de conteúdo e integração cultural, valorizando a cultura local, resgatando, preservando e difundindo as manifestações e tradições e contribuindo para o reconhecimento da identidade cultural do Município, sem deixar de lado o aspecto universal da cultura, de modo a incentivar também a construção de elos com outros povos e culturas.

Como forma de estimular a participação ativa da comunidade pardinhense, o Instituto Jatobás, atual gestor do Centro Max Feffer Cultura e Sustentabilidade, criou a Rede de Amigos do Centro Max Feffer, incentivando lideranças locais a participarem da estruturação de sua programação cultural.

A Rede de Amigos do Centro Max Feffer é um grupo de pessoas voluntárias, sensibilizadas e engajadas da comunidade pardinhense, que através de reuniões mensais buscam auxiliar e participar no planejamento e realização das ações do Centro, para que o local seja vivenciado como o espaço público de convivência e de referência cultural, gerido de acordo com os fundamentos da sustentabilidade e os anseios da população. A Rede de Amigos do Centro é motivada pelo anseio de construir experiências de governança tripartite.

A Rede entende que cultura pode ser definida como uma filosofia de vida interagindo social, econômica e ambientalmente, sendo a somatória de costumes e valores de um grupo, considerando o respeito às tradições, hábitos, coisas do dia a dia e atividades exercidas pela maioria. Vivenciando a preservação e resgate cultural concomitante às novas expressões das gerações futuras.

Para entender melhor a realidade cultural de Pardinho, seus valores e princípios, necessidades e potencialidades, talentos e recursos relacionados ao tema Cultura e Sustentabilidade, a Rede de Amigos do Centro Max Feffer Cultura e Sustentabilidade decidiu pela realização de uma pesquisa, desenvolvida e aplicada pelos próprios membros da Rede às pessoas da comunidade, como, por exemplo professores, jovens, adolescentes e diversos outros munícipes pardinhenses.

O resultado pode ser visto neste trabalho, que embora não tenha sido realizado com métodos científicos de pesquisa, reflete uma realidade experimentada por todos os membros da Rede em seu dia a dia nas questões relacionadas ao Centro Max Feffer de Cultura e Sustentabilidade.

Acesse o documento completo aqui: Pesquisa sobre a realidade cultural de Pardinho

Comentários

Comentários